Sobre Plano de Logística Sustentável

Sobre Plano de Logística Sustentável

O Plano de Logística Sustentável (PLS) é o principal instrumento de política de responsabilidade socioambiental do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL). Em vigor desde dezembro de 2016, foi instituído por meio da Resolução 105/2016.

A ideia do Plano é coordenar, numa só ferramenta, todo o fluxo de materiais, serviços e informações, levando em consideração aspectos relacionados à proteção ambiental, justiça social e desenvolvimento econômico equilibrado.

O PLS tem como base normativa o Ato conjunto TST/CSJT nº 24/2014, que instituiu a Política Nacional de Responsabilidade Socioambiental da Justiça do Trabalho e a Resolução nº 201/2015 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que regulamentou sua criação e ditou as diretrizes a serem seguidas em sua elaboração.

Após o levantamento dos temas relevantes para o Tribunal, foram construídos indicadores de desempenho para temas como material de consumo, energia elétrica, água e esgoto, coleta seletiva, qualidade de vida e ações socioambientais, compras e contratações, bens permanentes, deslocamentos, sensibilização, capacitação e divulgação. Em seguida, foram feitos, junto com os gestores de cada ramo do PLS, diagnósticos para conhecimento da situação atual e estabelecidos desafios e metas a serem alcançadas.

O objetivo maior do programa é o consumo consciente de bens e serviços, possibilitando fazer mais com menos, mas não somente por uma questão de economia, mas gerando eficiência operacional e um impacto positivo no meio ambiente e na vida das pessoas.

Socioambiental - Antes da implantação do PLS, o TRT/AL já desenvolvia alguns programas relacionados à responsabilidade socioambiental, a exemplo do Programa de Coleta Seletiva (que beneficia uma entidade de ex-catadores); o TRT Solidário (que arrecada donativos entre os servidores e magistrados para ajudar mensalmente entidades beneficentes cadastradas); o Desapega TRT (coleta de objetos sem uso e venda a preços simbólicos a servidores terceirizados); Campanha permanente de doação de sangue (veiculação na intranet do TRT 19 e viabilização da unidade de coleta móvel do hemocentro no Tribunal).

A realização da feira de orgânicos também é um ação importante, abrindo os jardins da Casa Verde - a sede da unidade socioambiental - para produtores de alimentos orgânicos, difundindo e estimulando dessa forma, hábitos de consumo saudáveis e a economia sustentável de pequenos produtores.

  © 2017 - Todos os direitos reservados - Versão V.1.1.0 - 14/11/2017