Memorial Pontes de Miranda

Memorial Pontes de Miranda

O Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho em Alagoas foi instituído no ano de 1994 pela Corte Trabalhista no Estado. Essa instituição está subordinada à Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL), mantenedor do local.

Em 1996 foram inauguradas a Sala e a Biblioteca Pontes de Miranda, com acervo doado por Amnéris Cardilli, viúva do jurista Pontes de Miranda. Em 2002, o Memorial foi reestruturado para inclusão de duas novas salas.

A atuação da equipe do Memorial é na perspectiva da preservação do patrimônio cultural como um instrumento pedagógico, com a proposta de disseminar a importância de resguardar e salvaguardar o acervo do Memorial Pontes de Miranda, utilizando assim do conhecimento interdisciplinar, envolvendo colaboradores de diversas áreas.

 

 

  © 2017 - Todos os direitos reservados - Versão V.1.1.0 - 14/11/2017